Lilypie - Kids Birthday

quarta-feira, 30 de maio de 2012



                                 Hoje de manhã ia com tanta pressa para o trabalho e no caminho vi a minha antiga cabeleireira toda simpática e sorridente cumprimentou-me mas eu disse que estava com pressa pois não podia estar ali a falar além das formalidades de está tudo bem ? tudo bem com os filhos, essas coisas,acredito que ela tenha sentido muito a minha ausência pois eu era uma boa cliente ia lá todas as semanas ás vezes 2 vezes comprava lá os produtos para o cabelo que são caros mas deixei de lá ir desde a gravidez da MARIA embora com esta crise já não pudesse lá ir com tanta frequência.
                                 Eu adoro cabelo comprido e ela disse que o meu cabelo estava estragado e tinha de cortar e fez-me um corte pelo pescoço eu fiquei para chorar lol ainda por cima o meu cabelo demora muito a crescer e quando estava a ficar maiorzito dizia que tinha de se cortar um bocadinho porque estava a ficar sem corte e cortava imenso :( depois da época balnear eu dizia para espontar e cortava imenso, depois quis pôr extensões farta de andar com o cabelo curto paguei couro e cabelo disse-me que eram as melhores extensões e estavam sempre a descer era preciso andar lá sempre para apertar e sempre cheias de nozes um caos para pentear estava farta tirei,até as deixei lá ficar e os produtos por gastar também, e não fui lá mais o meu cabelo já está a crescer não está com aquele aspecto fraco ,ela até pode ser muito boa cabeleireira mas a mim só me deixou a desejar não me apanha lá mais .
                     

14 comentários:

  1. Somos duas, não sei o que fazia se ficasse sem o cabelo tão comprimido como tenho... Esta segunda fui cortar as pontas e acho que mesmo assim foi demais mas pronto, já está... E eu tenho um cabelo enorme, mais de meio das costas... :) como te entendo minha querida...

    Beijinhos*****

    ResponderEliminar
  2. Ai como eu queria que o meu já estivesse assim não deixes que te cortem muito só ir espontado para não enfraquecer e manter o tamanho eu acho maravilhoso cabelo compridos :)bjinhos

    ResponderEliminar
  3. Eu detesto quando pedimos para cortar um bocadinho e depois entusiasmam-se.
    Bj**

    ResponderEliminar
  4. Eu estou a deixar crescer o meu. Corta só a pontas.
    Resposta ao teu comentário:
    os meus filhotes não são gémeos, têm 19 meses de diferença. Fiz tratamento de infertilidade para ter o 1º e passado 10 meses estava grávida do 2º sem saber bem como. É uma felicidade inesplicavel.Beijocas

    ResponderEliminar
  5. Uma boa tática contra entusiastas do corte e escolhermos uma cabeleireira que tenha ela própria o comprimento que queremos, se queremos longo, escolher cabeleireira de cabelo comprido...

    ResponderEliminar
  6. Ui não me digas nada...A cabeleireira onde ia antes cortava o dobro do que eu pedia...Até fiquei com as lágrimas nos olhos e nunca mais lá apareci =/


    Beijinho*

    ResponderEliminar
  7. Eu sou de extremos, agora tou na fase de deixar crescer o cabelo,neste exacto momento está na fase estupida pelos ombros e sem corte, um dia destes tenho de ir á cabelereira fazer algo, mas nada de grandes abusos... daqui a 2 ou 3 anos faço um corte radical, tinuini...o meu cabelo é forte e um misto de liso e ondulado, uma caca, portanto.
    Quero que ele cresca ate ao rabo agora, mas nao sei se vou ter paciencia para o tratar. Nao consigo perder tempo no cabeleireiro, não acho piada encherem-me o cabelo depois de cortado, esticado, secado sprayarem com laca. Que horror, o cabelo teso. Eu gosto de ver o cabelo ao vento... é por isso que eu fujo do secador.
    E detesto o cabeleireiro que nao percebe: Corte so as pontas sff... e zas cortam 2 dedos e inventam que está espigado, fraco... a vontade é sair de lá sem pagar. Mas parece que todos fazem igual, seja no norte centro ou sul do país. É meio caminho para nunca lá voltar.

    ResponderEliminar
  8. Não sei porquê que as cabeleireiras têm essa mania, mas a mim aconteceu-me o mesmo quando era miúda, tinha o cabelo pelas costas, enorme! e ela cortou-me pelo pescoço tive para morrer ou para a matar! levei 1 semana a chorar e nem para a escola queria ir, ninguém merece! Após a minha alergia a cabeleireiras, finalmente encontrei uma que não a largo por nada, é óptima, boa conselheira e compreende-me perfeitamente! ainda bem que existe LOL

    beijinhos,

    http://joanadesousaphotography.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  9. AH! Sandra, eu detesto esse tipo de gente sabe, eu já passei por isso e sofri muito pq eu tb amo fios longos, agora eu acertei de cabeleireira e ela custa cortar o meu cabelo, só corta as pontinhas, foram 4 anos para o meu cabelo crescer do jeito que eu queria.
    Bjinhus

    ResponderEliminar
  10. Olá, que lindo blog! Parabéns
    Que pena que cortaram demais seu cabelo... no seu lugar ficaria desesperaaada!

    Beijo com carinho

    ResponderEliminar
  11. Eu e as cabelereiras temos ideias um tanto opostas, eu digo uma coisas e fazem-me outra, só à uns temos é que conheci uma que fala que se farta enquanto corta mas não me faz asneiras como uma me fez uns 2 dias antes do Gaspar nascer, vê este link: http://9meseseumavida.blogspot.pt/2012/01/dois-dias-antes-dele-nascer.html

    Beijinhos ;o)

    ResponderEliminar
  12. e fizeste tu muito bem, se nao tas satisfeita, mas acho que isso e ja das cabeleireiras, nos pedimos 2 dedinhos e lá vao 5...
    bj

    ResponderEliminar
  13. Fez muito bem! Elas muitas vezes nao nos fazem sequer o que lhe é pedido pois a maior parte quer é ganhar o dinheirinho e fazer os possiveis para irmos lá mais vezes. Durante muitos anos foi assim comigo, felizmente agora consegui arranjar uma cabeleireira que me agrada bastante e deixa o meu cabelo do jeito que eu quero :)

    ResponderEliminar
  14. acho que isso é o mal de todas as cabeleireiras! nós pedimos dois dedos e elas "entendem" uma mão interia.

    Bjokas

    ResponderEliminar

Obrigada pelo vosso comentario,bjinhos