Lilypie - Kids Birthday

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Cada uma ...

 
                               Desde os 3 meses da minha filha que a minha sogra exerce uma pressão a perguntar quando furo as orelhas á menina e eu tenho vindo a dizer-lhe que não vou furar quando ela crescer e quiser eu furo,pois já tenho consumições que chegue com ela por causa das constipações para pensar nisso e depois se infecciona!?Nem pensar quando ela decidir um dia eu furo.
                              Há relativamente pouco tempo veio novamente com essa conversa na qual a minha resposta foi a mesma o meu marido estava presente e muito prontamente toma a opinião da mãe dizendo se eu não quiser furar um dia ele vai com ela furar e eu nem sei na qual respondi mais vale ele fugir do que ter uma atitude dessas,sinceramente irritou-me tanto as pessoas têm de respeitar o que eu penso ainda por cima ele a dizer aquilo e ainda acrescentou "não decides sozinha " nem sei como não explodi fico farta deste amor doentio pelos pais não dá para aguentar sempre,a minha sogra perguntou-me:_ e se eu oferecer uns brincos á menina  ?
respondi :_ Eu guardo e um dia que furar pode coloca-los.
                               Ontem á noite diz-me o meu marido que os pais iam oferecer uns brincos á menina ou no 1º aniversário dela ou no natal, eu apenas respondi que isto era uma autentica palhaçada ela nem tem as orelhas furadas não tem lógica ainda tive de ouvir "também assisto a muitas palhaçadas e olha "
                              Sinceramente isto irrita-me tanto mas vou desvalorizar. 


15 comentários:

  1. :( é complicado...mas não há necessidade de furar já as orelhas à menina...deixa ela crescer mais um bocadinho...e é como dizes: os brincos são bem-vindos, mas são guardados até ela furar!! Não vás furar de propósito...

    ResponderEliminar
  2. Nem sei que te diga querida.... eu vou ter uma menina e acho que vou fazer o mesmo... não me vejo a furar as orelhas da pequena com ela assim tão pequena... e sim, mesmo que o marido tenha uma opinião contrária à tua, falaria disso em casa e só os dois... porque se não decides sozinha para não furar.... ele também não decide sozinho para furar... Penso eu querida, não me leves a mal.... Beijo enorme

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Penso da mesma forma e foi o que mais tarde disse em casa que tamb
      ém não decide sozinho é chato é quando um casal discute por opiniões terceiras mas pronto!bjinhos

      Eliminar
  3. Essa decisao cabe aos pais e nao aos avós... e acho que ainda é muito cedo para a tua menina furar as orelhas, doi e pode infecionar. tenho pena que o teu marido nao esteja do teu lado, mas dou-te valor pois sei bem como é estar soiznha e incompreendida quando o que queremos é o bem dos filhos. beijinhos

    ResponderEliminar
  4. É realmente muito pequenina...eu não sei com que idade é que me furaram os maus..era pequena e não me lembro. Mas desde os meus 12 anos que não uso brincos. Quando uso inflama logo...seja ouro, prata, fantasia, anti-alérgicos. Não dá...cada vez que tenho algum casamento meto e passado algumas horas tenho que tirar porque doi-me...agora lembro-me perfeitamente (como se fosse hoje) de o meu pai me oferecer uns brincos com os meus dentinhos da frente (coisa ridícula que se usava naquela altura xD) mas lá eu andava toda contente com eles! Agora não consigo usar mais do que 2 horas seguidas :S

    ResponderEliminar
  5. Quando os pais do marido se "metem ao barulho" é sempre complicado, e mais complicado se torna quando o marido está sempre do lado deles. Eu sei bem o que isso é infelizmente. Tem paciência e fala com ele a sós. Tudo se resolve.

    ResponderEliminar
  6. Eu também se tivesse uma menina faria o mesmo ! É muito triste a avó meter-se nessas coisas, mas quem não tem noção do seu papel é que diz coisas assim. O teu marido francamente... dizer-te isso que vai fazer nas tuas costas... sem a tua aprovação. Isto é como o tango, são precisos 2 para dançar, enquanto os 2 não concordarem e a menina não pedir para os furar não há nada a fazer. É como o baptismo, o meu não vou baptizar, apesar de eu ter sido e apenas não ter o crisma não vou impor isso a ele e a sorte é que não tenho ninguém a impingir isso...
    Beijinhos Sandra ;o)

    ResponderEliminar
  7. E que tal respeitar a tua decisão não???

    ResponderEliminar
  8. Bem Sandra,assim è complicado!o teu marido devia era respeitar a tua opinião e acima de tudo não te contrariar na frente da mãe!tu è que ès a mulher dele e acima de ty=udo mãe da menina,e se tu tens de respeitar a opinião dele,ele tem de respeitar a tua!
    Devias ter uma conversa sèria com ele mesmo,mas isto è sò a minha opinião:)

    ResponderEliminar
  9. Antigamente é que iam logo furar as orelhas às crianças, como foi o meu caso. Hoje em dia já quase ninguém faz isso. Eu se tivesse uma filha fazia como tu, esperava e depois ela fazia os furos que quisesse.

    E até acho que fica mal alguns bebés que eu vejo com brincos de ouro nas orelhas! Ficam parolinhos :P

    Espero que consigas manter a tua decisão e a tua sogra estava bem caladinha, a filha não é dela.

    ResponderEliminar
  10. Concordo com a maioria dos comentários. Deve ser uma decisão que vocês devem tomar enquanto casal e não or influência dos pais dele. Acho que têm que ter uma conversa sobre o assunto mas sem se chatearem por causa deste tema! Beijinhos

    ResponderEliminar
  11. tipico... essa parte das palhaçadas, tb já ouvi algumas vezes :(

    olha não ligues, não dês muita importância a isso. porque só te vais chatear e enervar...
    tu e que tens que decidir, tu e o teu homem e tem que chegar a uma decisão, os outros que falem...

    bj e bom fds

    ResponderEliminar
  12. Não há nada pior que uma sogra intrometida! Mas o erro também está nos filhos que vão deixando a mãe contaminar a relação ... Mete-te a pau e impõe-te.

    Bjokas

    ResponderEliminar
  13. Os pais é que sabem o que é melhor para os filhotes e só teem de respeitar a tua opinião!!!

    ResponderEliminar
  14. Eu sou contra, bijuterias, ouros, pratas e afins em crianças muito pequenas... podem engolir, magoar-se por pressão contra a pele, etc...
    Antigamente,... era habitual e, como direi... chique?! hehe usar fieos, brincos, etc... Mas hoje em dia isso caiu em desuso (felizmente) e também em grande parte por causa da segurança dos mais pequenos.
    Acho que a decisão é vossa enquanto casal e não enquanto mãe (sogra) e filho (marido).

    A minha sogra tb é dessas dos brincos e fios e afins, felizmente nunca teve essas ideias com os meu filhos, mas com o filho dela, sim! Andou anos a massacra-lo para ele usar um fio de ouro! Quando finalmente conseguiu, ele conheceu-me e eu corri logo com o fio do pescoço dele... hehehe!

    ResponderEliminar

Obrigada pelo vosso comentario,bjinhos