Lilypie - Kids Birthday

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

ACTIVA




              Todos os meses compro Activa é a minha revista de eleição mas â do mês de Fevereiro gostei particularmente da entrevista que deu a Luísa Beirão adorei ler especialmente quando fala que é possível ser feliz outra vez e como é bom quando existe" respeito ,confiança,compreensão e o facto das pessoas terem gostos em comum e formas idênticas de encarar a vida,que é maravilhoso ter alguém no fim do dia que olha para nós de forma especial,que brilha quando olha para nós,demonstra-lo por pequenos gestos e afectos também é importante",
                 Como gostei de ler e concordo que os gostos em comum são demasiado importantes não sou do género de pessoa que acha que os opostos se atraem acho sim que isso não passa de um mito porque mais tarde as diferenças vão ser um obstáculo é essencial estarmos com alguém que partilhe a vida com objectivos e forma de estar na vida em comum.

17 comentários:

  1. Também concordo contigo...acho que mais tarde ou mais cedo as diferenças entre o casal vai levar a conflitos e a discondâncias....

    ResponderEliminar
  2. Por acaso não costumo comprar revistas dessas, há uns anos comprava a cosmopolitan, depois deixei-me disso.

    Concordo um bocadinho com o teu último parágrafo, deve-se ter gostos em comum, mas também algo de diferente para fazer faísca :)

    ResponderEliminar
  3. Oi Sandra,
    Esta revista não chega por aqui, mas gostei muito do tema da entrevista e acredito em ser feliz novamente, pois já vivi isto.
    Beijos 1000 e uma ótima 4ª-feira para vc.

    GOSTO DISTO!

    ResponderEliminar
  4. concordo contigo, mas também acho que as pessoas não deve ser demasiado parecidas se não não tem piada!

    ResponderEliminar
  5. Concordo,mas temos de ser um bocadinho diferentes,senão è uma monotonia :)

    ResponderEliminar
  6. Lol...quando li o teu post deu-me uma vontade de rir enorme...eu e o meu marido somos o oposto em quase tudo, ás vezes até lhe digo: "Como raio estamos juntos se em nada somos parecidos"...mas na realidade não é uma questão de os opostos atrair-se, mas sim colocar a teimosia de parte e tentar apreciar o que cada um gosta...acaba-se por aprender sempre coisas novas e não limitar-nos aos nossos gostos e vontades.

    O meu marido detestava tudo o que era francês (8por causa dos avecs), ora se eu sou francesa teria bem que aprender a gostar...abriu os horizontes e agora adora a comida, os vinhos, as paisagens...e claro...a mulher ;)

    ResponderEliminar
  7. Ela é o máximo. Eu acho que as pessoas podem ser diferentes em alguns pontos, mas serem suficientemente flexiveis para se adaptarem. Eu e o meu marido somos diferentes em muitas, muitas coisas. Mas temos objectivos de vida e prioridades comuns!

    ResponderEliminar
  8. Também concordo, além disso, ela é um mulherão!

    ResponderEliminar
  9. Concordo plenamente contigo ;) Até vou comprar a revista porque me pareceu mesmo interessante :)

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  10. Olha, eu e ele somos os opostos. Não temos propriamente os mesmos gostos. O que é importante é partilhar os mesmos objectivos de vida para ninguém viver anulado, o resto tudo se vai adaptando :)
    E, sim, é possivel voltar a ser feliz depois de maus momentos. Só temos que lutar por isso.

    Bjokas.

    ResponderEliminar
  11. Concordo em pleno com a opinião da Luísa e com a tua, embora também tenha que haver algo diferente para espevitar o outro.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  12. claro que sim, o tempo faz com que as diferenças e os atritos comecem.
    ela é linda.
    beijinhos e ainda bem que regressaste

    ResponderEliminar
  13. Eliminei sem querer o teu comentário :|

    ResponderEliminar
  14. Respeito e confiança, primordial.
    Acho aLuisa Beirão das modelos mais bonitas.
    Bj**

    ResponderEliminar

Obrigada pelo vosso comentario,bjinhos