Lilypie - Kids Birthday

quinta-feira, 19 de março de 2015

:)

         Dia do Pai tantas memorias para tantos de nos ,na escola a fazer os trabalhos manuais para dar de presente ao pai ,lembro-me perfeitamente que este dia eu não queria ir para escola ,todos tínhamos de falar sobre o nosso pai um de cada vez e o presente que andávamos uma semana antes a preparar hoje tinha de ficar pronto.
          Eu nada tinha a dizer sobre o meu pai quando chegava a minha vez era um martírio acho mesmo que era uma tortura para mim menina de 5,6,7,8,9 anos depois a partir dos 10 comecei aceitar a minha situação de filha de pai incógnito, hoje posso dizer que sou uma pessoa bem resolvida, o presente esse dava a qualquer pessoa avô ou tio ou até deitava ao lixo pois fazia-o sem gosto nenhum, há quem tenha pai e desejava não ter, eu simplesmente não tenho ,não queria ter fiz as pazes com a condição que tenho, desde que me conheço só há uma coisa que desejava ,era saber quem ele era para poder conhecer um pouco as minhas raízes que desconheço completamente.

10 comentários:

  1. Não deve ser uma situação fácil, principalmente quando se é criança... Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. É das situações mais complicadas na escola, o dia do pai para outros o dia da mãe.. nem todas as famílias são iguais e acredito que o não falte neste momento infelizmente é crianças a passarem o que passas te ou porque não conhecem, ou porque foram abandonadas ou porque o pai morreu. É complicado sim muito complicado infelizmente :(

    ResponderEliminar
  3. Não deve ter sido fácil enquanto criança viver este dia… É uma situação complicada, mas que felizmente conseguiste ultrapassar (ou tentas-te).

    Um beijinho.

    Obrigada por passares pelo meu cantinho.

    ResponderEliminar
  4. Sandrinha, a tua história é a de tantas crianças e não estás só... infelizmente é uma violência que se faz a tantas crianças que não se revêm na típica familia. Beijinho grande ;o)

    ResponderEliminar
  5. Não está sozinha, há muitas mais pessoas na mesma situação.
    Ainda bem que descobriu como viver com isso!

    http://adorosercomosou.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. Se estás resolvida nesse aspecto é o mais valia para ti e lembra-te: os teus filhotes têm um pai maravilhoso :)

    ResponderEliminar
  7. Ainda bem que hoje, já tens essa situação bem resolvida e que consegues falar sobre isso.
    É sinal que processaste a tua condição, que amadureceste e que te tornaste mulher.
    Por vezes, é melhor nem saber quem eles são, porque há por aí muitos pais que nunca o deveriam ter sido.
    Um beijo muito grande (olha que a minha admiração por ti ficou ainda maioooooooooooor)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Histórias de vida todos nós temos.
      Ainda bem que o assunto está bem resolvido dentro de si , isso é o mais importante, pois tem uma família linda e os seus filhos tem um pai que hoje como crianças e , mais tarde como adultos o irão recordar pelas melhores razões.
      Beijinhis

      Eliminar
  8. Sandra, é por esssas situações que eu abominava fazer trabalhos nestes dias. Eu tb nao tive pai, por isso entendo-te
    Kis :>}

    ResponderEliminar

Obrigada pelo vosso comentario,bjinhos