Lilypie - Kids Birthday

quarta-feira, 29 de abril de 2015

Ser Mãe por vezes torna-se inexplicavel !

 
             Já a tinha deitado na cama a ver se conseguia que ela ficasse, ele estava acabar o tpc as 23h30 (isto certamente falarei depois )estava eu virada de costas para tudo apenas de frente para a banca a tratar da loiça quando a ouço a levantar-se da cama e seguir em direção da cozinha ,pouso a loiça limpo as mãos e vou dar com ela por baixo do balcão da cozinha, ela queria era roque para não ir para a cama daí estar rir-se imenso lá fui eu deita-la novamente.
              Chego á cozinha e o meu filho muito espantado pergunta-me como vi que ela estava ali se eu estava de costas e ainda por cima ele nem tinha ouvido os passos dela, como ouvi não sei como sabia também não sei só sei que sabia, na qual lhe respondo dizendo que uma Mãe ouve e sabe tudo sobre os filhos.
               De madrugada não a ouvi chamar-me .levanto-me do nada assim de quem acorda de um sono profundo em direção ao quarto ela e encontro-a caminhar no hall dos quartos, seguro-a e pego-a no colo ela diz-me que quer fazer xixi e quer ir um bocadinho para a minha cama. Não sei como acordei e me levantei não me lembro dessa parte só me lembro de a pegar no colo como sabia que ela saiu do quarto aquela hora da noite não sei mas sabia , confesso que eu própria me sinto confusa e admirada como o faço.
               Ser Mãe é sentir o que ninguém sente ,ver o invisível saber o que ninguém sabe acerca dos nossos filhos, existem situações inexplicáveis.
              
             

9 comentários:

  1. Sem dúvida. Pode cair a casa que eu não acordo, aliás já me assaltaram a casa e eu nem acordei. Contudo, basta uma das minhas crias tossir que eu acordo logo ! É inexplicável mesmo !

    ResponderEliminar
  2. Caramba! Qualquer dia eles pensam que é magia eheheh!
    :)

    ResponderEliminar
  3. Coisas de mãe...ser mãe transforma-nos!

    http://adorosercomosou.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Tens os sentidos maternais muito apurados!!

    ResponderEliminar
  5. Instinto maternal, aconteceu-me tantas vezes quando os meus eram pequenos. Ainda hoje, por mais que não façam barulho, oiço-os sempre chegar e deitarem-se :)

    ResponderEliminar

Obrigada pelo vosso comentario,bjinhos