Lilypie - Kids Birthday

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

As relações entre irmãos


             Vejo irmãos amigos, companheiros, verdadeiros confidentes que não passam um sem o outro mas também vejo irmãos invejosos , competitivos e rivais.
              Sempre achei que uma relação de irmãos era sinonimo de amizade verdadeira para a vida, seria pessoa que iria querer sempre o nosso bem e ficaria feliz  sempre que algo de bom acontecesse mas já presenciei cenas contrarias o que me levou a descrer que seja sempre assim pois sei  que não o é, existem irmãos que vivem verdadeiras competições na vida e é triste sobretudo para quem os criou ou será que a base de casa trazia uma pepita dessa forma de ser, pois isso já não sei.
                Eu como sou filha de mãe solteira e tenho uma irmã de parte de mãe ,sendo eu criada com a minha avó, e quando casei a minha irmã tinha 13 anos, existem vários fatores do ponto familiar que me levaram muitas das vezes a sentir-me como filha única pois não sendo filha do casamento da minha mãe da qual ela tinha uma filha  e sendo eu criada com avó fez-me sentir que era apenas eu ,mas gosto dela e desejo-lhe tudo de bom que há no mundo fico feliz quando algo de bom lhe acontece não quero que passe por nada de mal ,não fomos criadas juntas como irmãs daí admitir que não sei muito bem o que significa essa ligação daqueles ditos irmãos criados juntos que se tornam os melhores amigos ou os maiores rivais.
                Lá em casa tenho a água e o vinho dois filhos muito distintos de personalidade completamente diferentes, ele adora a irmã apesar de se zangar pois tem de ser quase sempre ele a ceder aos seus caprichos, tem um sentido de proteção por ela enorme o que me deixa muito feliz apenas as vezes temos ali alguns ciúmes.
                Já ela não vê mais nada á frente o mano é o seu mais que tudo ,o mais lindo e perfeito ser humano aos olhos da minha pequena lady o que é fascinante assistir a tamanha paixão que tem pelo seu irmão .
                  Agora enquanto pequenos vive-se assim :   






            Espero que a vida o permita que sejam sempre amigos e unidos, apesar de um dia seguirem cada um com as suas vidas o melhor que ambos podiam fazer por mim era quererem o melhor sempre um para o outro, serem bons amigos tal como hoje é.

10 comentários:

  1. Tenho lá em casa três personalidades muito diferentes, que tanto se amam como se odeiam. les contra ela, ela contra eles, às vezes todos unidos, ás vezes os mais velhos, outras alianças com o mais novo. Ciume e amor de mão dada, algumas cedências, outrs vezes nem por isso. Mas como dizes, no futuro adoraria sabe-los amigos e unidos, sempre a querer o bem uns dos outros.
    Bjs

    ResponderEliminar
  2. Sou filha única, por isso nunca vivi essa ligação. Mas por aquilo que observo nos meus amigos, parece-me que quando ela é forte e verdadeira, é sem dúvida uma ligação para a vida!

    ResponderEliminar
  3. Sou filha única portanto entendo bem o que é estar só e sentir-me só...em pequena queria muito um irmão mas à medida que fui crescendo a ideia foi-me passado e habituei-me à minha condição...mas hoje me dia acho muito ingrato ser-se filho único. Se tu partes mais cedo os teus pais não tem mais ninguém, se partem eles, ficas sem ninguém para partilhar e lembrar o que eles foram...enfim!!

    ResponderEliminar
  4. Eu tb sou como se fosse filha unica, os meus irmaos são muito mais velhos que eu e sp cresci sem eles.
    Kis:=>)

    ResponderEliminar
  5. Acho que os irmãos são muito unidos até seguirem com as suas vidas em adultos, depois nem sempre se concorda em tudo. Para mim aniversários e natal, por enquanto são sagrados e eu, como tenho uma diferença muito grande da minha irmã (6 anos), houve alturas em que não nos entendemos muito...

    ResponderEliminar
  6. Gosto tanto de ver relações saudáveis entre irmãos! :)

    http://adorosercomosou.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  7. E vão ser sempre bons amigos, com algumas zangas pelo meio, mas isso é normal. :)

    ResponderEliminar
  8. Os irmãos são sempre diferentes. Muitos entendem-se, outros nem por isso. Eu e minha irmã sempre nos demos bem apesar de sermos tão diferentes e de termos sete anos de diferença, Já os meus dois rapazes, não se entendem nem à lei da bala como se costuma dizer. Tenho tanta pena...

    ResponderEliminar
  9. Espero que eles continuem unidos... Hoje lamento não ter uma irmã!

    Bjxxx

    ResponderEliminar

Obrigada pelo vosso comentario,bjinhos