Lilypie - Kids Birthday

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

IRRITANTE !


              Estive a substituir uma colega 15 dias em Julho e depois 15 dias em Agosto,o meu colega foi uma semana de férias e eu fiquei a trabalhar com ela na função dele e ela nunca verificou o meu trabalho de quando  não estava nem nunca me falou nada pelo contrário falava-me muito de bem,agora que ele já está com ela e eu vim novamente para o meu lugar e hoje de manhã ele veio dizer-me que ela anda a dizer que não consegue verificar o caixa de quando eu lá estava (como se ela tivesse que verificar o meu trabalho) e que lhe disseram que as pessoas faziam uma fila enorme, estavam imenso tempo á espera para serem atendidas que ela despacha muito rápido, coisa que eu perguntei-lhe se tinha ouvido dizerem-lhe isso, ele disse que não  ela é que contou, suspeito que está a inventar porque nunca houve fila alguma.
                Anda sempre a ver se apanha uma falha minha para dizer ao patrão pois isto foi o próprio patrão que me disse quando ela estava de férias com a maior descontracção disse-me que quando ela voltasse iria ver como foram feitas as coisas e que dizia-lhe tudo, isto é inadmissível, logo que eu respondi prontamente que dá asas para isso que é uma falta de respeito tal situação",mas ela é assim" diz ele .
                 Está sempre a fazer-se de coitadinha e que trabalha muito que não há ninguém mais competente que ela e cai nas boas graças do patrão é como diz aquele ditado "mais vale cair em graça que ser engraçado",até que ele anda estranho comigo não faço a mínima ideia o que ela anda a dizer ou inventar de mim.Claro que isto me chateia mas passo mesmo por cima como se nada soubesse o que ela queria era que desse importância mas não lhe dou esse gosto porque a maior arma que tenho é o desprezo que dói mais.

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

ELEGÂNCIA


"Existe uma coisa difícil de ser ensinada e que, talvez por isso, esteja cada vez mais rara: a elegância do comportamento.
É um dom que vai muito além do uso correto dos talheres e que abrange bem mais do que dizer um simples obrigado.
É a elegância que nos acompanha da primeira hora da manhã até a hora de dormir e que se manifesta nas situações mais prosaicas, quando não há festa alguma nem fotógrafos por perto.
É uma elegância desobrigada.
É possível detecta-la nas pessoas que elogiam mais do que criticam, nas que escutam mais do que falam. E quando falam, passam longe da fofoca, das pequenas maldades ampliadas no boca a boca.
É possível detecta-la nas pessoas que não usam um tom superior de voz ao se dirigir a frentistas, nas pessoas que evitam assuntos constrangedores porque não sentem prazer em humilhar os outros.
É possível detecta-la em pessoas pontuais.
Elegante é quem demonstra interesse por assuntos que desconhece, é quem presenteia fora das datas festivas, e, ao receber uma ligação, não recomenda à secretária que pergunte antes quem está falando e só depois manda dizer se está ou não está.
Oferecer flores é sempre elegante.
É elegante você fazer algo por alguém e este alguém jamais saber disso...
É elegante não mudar seu estilo apenas para se adaptar ao outro.
É muito elegante não falar de dinheiro em bate-papos informais.
É elegante o silêncio, diante de uma rejeição.
Sobrenome, jóias e nariz empinado não substituem a elegância do gesto.
Não há livro que ensine alguém a ter uma visão generosa do mundo.
É elegante a gentileza...
Atitudes gentis, falam mais que mil imagens.
Abrir a porta para alguém... é muito elegante.
Dar o lugar para alguém sentar... é muito elegante.
Sorrir sempre é muito elegante e faz um bem danado para a alma...
Olhar nos olhos ao conversar é essencialmente elegante.
Pode-se tentar capturar esta delicadeza pela observação,
Mas tentar imita-la é improdutiva.
A saída é desenvolver a arte de conviver, que independe de status social: é só pedir licencinha para o nosso lado brucutu, que acha que “com amigo não tem que ter estas frescuras”.
Educação enferruja por falta de uso.
E, detalhe: não é frescura."
Martha Medeiros

Sem falsa modéstia não é que ao ler este texto achei-me uma pessoa elegante

É ASSIM

 
 
                            Ontem devido á neura que estava por causa da falta de tempo para tudo e gerir tempo num stress absoluto juntando o cansaço a isto foi dia de fazer um intervalo na alimentação sem grandes exageros sim porque dieta mesmo eu nunca a fiz já não consigo mas tenho os meus cuidados,mas ontem foi para a desgraça saí do trabalho fui comprar uma tablete de chocolate da nestle mas daquelas grandes e comia tudinha e já me senti melhor é incrível mas é verdade.
                         Para jantar fritei umas batatas com ovos e salsichas  assim como gostamos muito quando somos pequenos e comi com ketchup,de sobremesa muito gelado de caramelo antes de deitar mais gelado ainda e pronto hoje nem me atreví a pisar a balança mas não fiquei com remorsos eu precisava mesmo :) mas ainda nem sabia o que me esperava a Maria acorda durante a noite a chorar e pronto lá foi mais uma noite ao ar e venho trabalhar tipo zombie mas o nível de calorias que ingeri lá me fez aguentar melhor esta noite.  
 

terça-feira, 11 de setembro de 2012


                       Ele disse-me que o dia que passou com a tia foi maravilhoso sei que para ele o que foi realmente bom foi poder ter alguém com atenção virada para ele,depois foi jantar a casa da avó enquanto fui a reunião da escolinha dele e ainda passei na avó paterna onde estava a mana com o pai e só cheguei para ir busca-lo as 21h00 e adorou e adorou porque foi o centro das atenções coisa que ele já não é á muito tempo.
                       Eu não sei mas com tal sou muito fraquinha desde a chegada da Maria mudou tanta coisa,sair do trabalho sempre a correr para ir buscar os meninos as birras ,o jantar,a casa a falta de dormir uma noite sem ter de me levantar 1,2 ou 3 vezes por noite faz com que me deite de rastos e acorde cansada.
                        Sinto que estou a falhar que tenho falhado muito como mãe,como esposa ,como dona de casa e profissional e comigo também não tenho sido uma mãe tão atenciosa como antes eu tento mas sei que não tenho sido, nem uma esposa dedicada acima de tudo tenho falhado como mulher eu quero ser diferente mas ando um farrapo ou eu é que sou muito fraca ou este ano tem sido complicado.
           

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

 
 
 
                             Hoje acordou eufórico a dizer :_ É o dia da tia.
                            A minha irmã ficou de ir busca-lo avó para passar o dia com ele e o doidinho estava ansioso,desde que a irmã nasceu faz-lhe falta ter atenção só para ele e quando isso acontece fica radiante,ficaram de ir ao cinema e depois ao mc`donalds que ele até nem gosta nada não é :) agora resta esperar por logo para saber como correu já falei com ele ao tlmv e por agora tudo bem :)  
                            

Bom dia !!

 
 
                              Estive mais uma semana a cobrir as férias de um colega daí a minha ausência,estive a trabalhar com a colega que tinha ido anteriormente de férias mas com ela não dá nem para ir á Internet ela está sempre atenta ao que estamos a fazer á daquelas que sai sempre tarde quer fazer o patrão pensar que está sempre a olhar pelo bem da firma está sempre exausta deita-se as 02h00 e ainda sonha com o trabalho é daquelas  que chega de manha e diz "não dormi nada a pensar nisto", não há pachorra até porque é tudo fita mas sempre cola no patrão.
                              Que saudades que tinha do meu escritório apesar de estar com imenso trabalho atrasado estou feliz voltei para o meu estaminé :)

sábado, 1 de setembro de 2012

Mas que chato

                                Esta semana esqueci-me de trazer de casa as bolachas que o Bernardo quer sempre que vai a terapia da fala e para não perder tempo e para ele não ficar triste ao sair do trabalho passei pelo mini supermercado que tem perto para as comprar.Dirigi-me á caixa para as pagar estava lá uma rapariga toda fashion nas suas calças pink e blazer verde e uma senhora mais velha que devia ser a mãe igualmente fashion nem teria reparado nelas se o raio da rapariga não estivesse sempre a olhar para mim ela tirou-me as medidas todas até para os meus acessórios olhou,tirei a carteira para pagar sempre olhar para a carteira e depois para a mala até me senti mal mas muito na minha lá paguei e saí.
                               Ontem ao sair da minha sogra chega a minha cunhada,nunca nos demos bem nem mal digamos que ficamos só pelo bom dia,boa tarde até porque está mais que visto que não vamos uma com a outra ,o chato é que o raio da mulher olhou para mim de cima baixo mas com aquele olhar mesmo invejoso e eu sinceramente não percebo nada disto sou uma pessoa bastante simples gosto de acessórios como maior parte das mulheres mas não trago nada de exorbitante e o meu estilo é mais casual mas pronto ela lá gostou do fio que trazia .
                               Detesto sentir que está alguém sempre olhar e vocês como se sentem nesta situação ?